Instituto Açoriano de Cultura Página inicial | Arquivo de Newsletters | Associe-se | Contactos | Mapa do site
Newsletter
 
 

N.º25 15/06/2010

IAC Apresenta em Angra do Heroísmo Fotografia de Hugo Machado

O IAC-Instituto Açoriano de Cultura inaugura na próxima sexta-feira, dia 18 de Junho, pelas 18h00, na sua galeria, ao Alto das Covas, uma exposição de fotografia de Hugo Machado intitulada O Mundo é a minha Ilha, que abordará exclusivamente a temática da paisagem.

As fotografias agora apresentadas foram recolhidas durante os últimos anos pelo jovem Terceirense Hugo Machado, no decurso de inúmeras viagens que tem vindo a realizar e que à posteriori nos permitem aferir da sua sensibilidade como observador e da sua técnica consolidada de fotógrafo/cidadão do mundo.

Esta exposição, que reúne 20 fotografias, integra-se no programa das Sanjoaninas 2010, condição que lhe dá um especial destaque.

Em simultâneo será apresentada uma outra mostra (fotografia/instalação) composta por 18 fotografias do mesmo autor, sendo usada como suporte a fachada principal da antiga Pensão Lisboa (ao pátio da Alfandega).

Hugo Machado nasceu em Angra do Heroísmo em 1980, licenciando-se em geologia na Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa. Tem estudado/trabalhado na Nova Zelândia, Áustria, Angola e Inglaterra, residindo actualmente na Noruega, onde desempenha funções de geólogo ligado à indústria petrolífera.

Integra esta mostra a foto recentemente premiada pelo concurso internacional de fotografia da National Geographic Magazine, na categoria “lugares”, a qual foi tirada em 2008 e retrata o vulcão Licancabur (Chile/Bolívia).

Ambas acções contaram com apoio da Direcção Regional da Cultura, tendo a instalação na Pensão Lisboa recebido um patrocínio do Grupo EVT.

A exposição que será apresentada na galeria do IAC estará patente ao público até ao próximo dia 30 de Julho, podendo ser visitada durante os dias de semana (das 10h às 12h30, das 13h30 às 18h30). Durante o período das Sanjoaninas será possível visitar esta exposição, para além do horário atrás referido ainda aos fins-de-semana e à noite, entre as 20h00 e as 23h00.