Instituto Açoriano de Cultura Página inicial | Arquivo de Newsletters | Associe-se | Contactos | Mapa do site
Newsletter
 
 

N.º 29  18/10/2005

Certame Macaronésio de Jovens Artistas

 

Os Açores depois de já terem arrecadado três prémios nas áreas Plástica e do Audiovisual conquistaram agora ainda mais três na área Literária.

O «Certame Macaronésio de Jovens Artistas» é um concurso que se insere na execução do PAAD-Projecto Atlântico de Arte Digital, projecto que é desenvolvido com o apoio financeiro do Programa de Iniciativa Comunitária INTERREG III-B, que integra também instituições da Madeira, das Canárias e de Cabo Verde, e do qual o IAC-Instituto Açoriano de Cultura é o Chefe de Fila. O concurso foi instituído pelo Cabildo de Lanzarote, um dos parceiros canarinos do PAAD, e destinou-se aos jovens entre os 15 e os 30 anos da Macaronésia abrangendo várias áreas de criação cultural.

Os vencedores da categoria de Literatura, nas suas diferentes modalidades, foram: Ema Ferreira Leal (1º prémio na modalidade Conto júnior) com a obra Retalhos de Memória; Pedro Alves Mendes (1º prémio Poesia júnior, ex aequo com Daniel Hernández Maria, de Tenerife) com a obra Navegando onde descansa o poeta?, e Sónia Bettencourt Vieira (Conto sénior) com Mar Vazio, todos da Ilha Terceira. A estes vencedores acrescem Andrés Fajardo Juan com o 1º prémio de Conto sénior e Pablo Diaz-Reixa Dias, finalista das Canárias, com Experimento com la forma de hablar de los números na modalidade Conto júnior.

Os vencedores serão contemplados com prémios monetários no valor individual de € 2.000, os quais serão entregues no próximo dia 19 de Outubro numa sessão solene no Castelo de San José em Arrecife (cidade capital de Lanzarote, Canárias), onde todos os premiados se deverão deslocar.

Os Açores – que asseguraram 25% das participações do total das quatro regiões abrangidas pelo Certame (Açores, Madeira, Canárias e Cabo Verde) – arrecadaram 5 dos 12 primeiros prémios atribuídos.