Instituto Açoriano de Cultura Página inicial | Arquivo de Newsletters | Associe-se | Contactos | Mapa do site
Newsletter
 
 

N.º 18  29/06/2005

Workshop sobre ARTE, TECNOLOGIA E INTELIGÊNCIA COLECTIVA

No âmbito da execução do Projecto Atlântico de Arte Digital (PAAD), o IAC-Instituto Açoriano de Cultura leva a feito de 3 a 9 de Julho próximo, na ilha de Santa Maria, um workshop sobre Arte, Tecnologia e Inteligência Colectiva.

Este Workshop – que reúne 15 artistas participantes, oriundos dos Açores, Madeira, Canárias e Cabo Verde – será dirigido por António Cerveira Pinto, conhecido artista, crítico de arte, ensaísta, pedagogo, escritor e produtor cultural.

Ao longo destes dias, os participantes serão desafiados a colocar a ilha de Santa Maria na infoesfera e para tal irão percorrê-la, estudar documentação, elaborar guiões e esquemas, fotografar e infografar, construir páginas web, tratar da meta-informação, discutir, testar, etc.

Estas acções enquadram-se na concretização de um Projecto Demonstrativo que integra as seguintes fases: Definição do objectivo (construir um portal Web (com blog incluído) sobre a Ilha de Stª Maria); Sinopse e Guião (a geografia e o lugar/es gentes/e a vida); Selecção dos meios e plano de acção; Produção (pré-produção; formação de grupos; direcção; produção; pós-produção); Testes de usabilidade; e publicação online do portal.

Antes da execução do projecto haverá uma parte teórica que fará uma introdução aos novos média na criação artística actual; abordará os novos modos e estratégias criativas, as ferramentas intuitivas vs. ferramentas cognitivas, a interdisciplinaridade e a inteligência colectiva.

Este workshop, realizado pelo IAC-Instituto Açoriano de Cultura sobre Arte, Tecnologia e Inteligência Colectiva, terá lugar na Escola Básica Integrada de Santa Maria e conta localmente com a colaboração do Centro de Artes Visuais (Associação Cultural), da Câmara Municipal de Vila do Porto e da própria escola.

A realização do Projecto Atlântico de Arte Digital (PAAD), que envolve – para além do IAC – diversos parceiros dos arquipélagos da Madeira, Canárias e Cabo Verde, é co-financiado pelo Programa de Iniciativa Comunitária INTERREG III-B, no âmbito do FEDER e tem como principal objectivo o intercâmbio dos artistas e criadores digitais da Macaronésia.