Instituto Açoriano de Cultura Página inicial | Arquivo de Newsletters | Associe-se | Contactos | Mapa do site
Newsletter
 
 

N.º 9 18/04/2005

CD-ROM
«Documentação sobre os Açores existente no Archivo General de Simancas: Guerra y Marina (1590-1605)»


O IAC-Instituto Açoriano de Cultura acaba de editar um CD-ROM intitulado Documentação sobre os Açores existente no Archivo General de Simancas: Guerra y Marina (1590-1605) que contem importante informação para a História dos Açores, constituindo um exemplo pioneiro na Região da divulgação de fontes em formato digital.

Recorda-se que o período da história peninsular que ficou conhecido sob a designação de União Ibérica ou Monarquia Dual (1580-1640) representou para o arquipélago dos Açores uma importante fase em termos políticos e militares. Desde logo, devido ao movimento de resistência que ali foi dinamizado, em particular na ilha Terceira, por influência de D. António, Prior do Crato. Os Açores prenderam ainda a atenção da dinastia Filipina em virtude do apoio fulcral que ofereciam à comunicação entre a Península Ibérica e as colónias ultramarinas, pelo que, face à hostilidade demonstrada por outras potências europeias, foi necessário desenvolver e manter estruturas de defesa permanentes.

Por essa razão, tem interessado ao IAC-Instituto Açoriano de Cultura desenvolver a pesquisa e recolha de toda a espécie de informação existente em arquivos nacionais e estrangeiros sobre este período.

Com esse objectivo, o IAC-Instituto Açoriano de Cultura tem promovido a pesquisa e levantamento da documentação existentes no Archivo General de Simancas (Espanha), considerando a potencial novidade que ela pode representar não só para o conhecimento e estudo da construção da maior fortaleza filipina construída no Atlântico, o Castelo de S. João Baptista, na ilha Terceira, como também para o estudo do período da ocupação filipina, sem prejuízo de toda a outra documentação existente neste arquivo relacionada com os Açores em geral.

No âmbito deste projecto, realizaram-se em 2001 e 2002 duas missões, com a deslocação de um investigador no Archivo General de Simancas, numa duração global de seis meses, de que resultou a documentação (1622 sumários e 238 documentos) que faz parte do CD-ROM agora divulgado com o apoio da Direcção Regional da Cultura e da Fundação Calouste Gulbenkian.

Com base num financiamento proveniente de uma candidatura (Levantamento das Fontes Açorianas existentes no Archivo General de Simancas), apresentada à Fundação para a Ciência e Tecnologia está em curso uma nova fase deste projecto, no âmbito da qual foi realizada já uma terceira missão junto daquele arquivo, com uma duração de cinco meses (entre Setembro de 2004 e Março de 2005), e cujos resultados darão origem à edição do CD-2 Documentação sobre os Açores existente no Archivo General de Simancas.

Está ainda previsto para Setembro de 2005 o lançamento de uma quarta missão de investigação junto do Archivo General de Simancas também com a duração de cinco meses.

Esta obra encontra-se à venda na Livraria Virtual