Instituto Açoriano de Cultura Página inicial | Arquivo de Newsletters | Associe-se | Contactos | Mapa do site
Newsletter
 
 

N.º 6 02/03/2005

«Canção da Terra» – exposição de Emília Nadal

Emília Nadal, pintora, Presidente da Sociedade Nacional de Belas-Artes (SNBA), expõe nos Açores, numa iniciativa do IAC-Instituto Açoriano de Cultura, em Angra do Heroísmo, no Palácio dos Capitães Generais, de 4 de Março a 1 de Abril, e em Ponta Delgada, de 28 de Abril a 28 de Maio.

Esta exposição, que inaugura o programa de exposições no domínio das artes visuais do IAC-Instituto Açoriano de Cultura para o corrente ano de 2005 – ano em que a instituição celebra os seus 50 anos de existência – é integrada por 19 obras, na sua quase totalidade realizadas já no século XXI.

Emília Nadal, de acordo com Maria João Fernandes, representa na arte contemporânea portuguesa um expoente de uma estética feminina, considerando esta não como um atributo da mulher, mas como uma vertente, a mais nobre, da sensibilidade voltada para uma interioridade musical.

Ainda segundo Maria João Fernandes, as obras expostas parecem ser o resultado de um longo périplo pelas vicissitudes da vida e surgem carregadas da beleza inaudita do Mito que enforma todos os mitos, a criação do mundo. Luz e música fluem na pincelada incomparável de Emília Nadal, simples e clara como a dos mestres do Oriente. Entre esmeraldas verdes e laranjas das árvores do paraíso, perpassam folhas que são já vestígios de uma alegria breve. Breve e mágica, puríssima como a vida, como a vida destas imagens.

A pintora Emília Nadal consolidou na Escola António Arroio e na Escola Superior de Belas Artes de Lisboa uma formação cultural abrangente e uma mestria no domínio dos meios plásticos que utiliza, uma forte componente de desenho em diálogo com a pintura que desde o início da década de 70 se tem vindo a caracterizar por um misto de classicismo e de fascínio pelos temas e abordagens da modernidade.

Com inauguração no dia 4 (6ª feira), pelas 18h00, no Palácio dos Capitães Generais, o IAC-Instituto Açoriano de Cultura preparou também uma pré-abertura da exposição para o mesmo dia, pelas 14:h00, que, embora especialmente destinada a turmas de alunos dos estabelecimentos de ensino da ilha, é aberta ao público em geral, e na qual Emília Nadal proferirá uma palestra sobre a sua obra.

Para mais informações consultar http://www.iac-azores.org/agenda/2005/emilia-nadal.html.