Instituto Açoriano de Cultura Página inicial | Arquivo de Newsletters | Associe-se | Contactos | Mapa do site
Newsletter
 
 
Newsletter n.º 11 | 12.05.2017
Instituto Açoriano de Cultura
 
 

CIDH Boletim #5

 

   Divulgação das atividades realizadas entre os meses de janeiro e março de 2017 no âmbito da Cátedra Infante Dom Henrique para os Estudos Insulares Atlânticos e a Globalização (CIDH), da Universidade Aberta.

 

Congresso Internacional Liderança e Tomada de Decisões das Elites

 

  Nos dias 2 e 3 de fevereiro, realizou-se, na Fundação Calouste Gulbenkian e na Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa, o Congresso Internacional Liderança e Tomada de Decisões das Elites. Neste evento, partilharam-se os resultados mais atuais da investigação sobre a ciência e a arte de bem governar e liderar pessoas, tendo-se refletido igualmente sobre as tendências mais promissoras para uma governação e administração pública e empresarial.

O evento foi organizado pela Cátedra Infante Dom Henrique para os Estudos Insulares Atlânticos e a Globalização (CIDH-UAb) e pelo Centro de Literaturas e Culturas Lusófonas e Europeias da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa (CLEPUL).

 

Amarante. Pascoaes: Do Solar de Gatão ao Universo

   Sob a égide do Triénio Pascoalino, foi inaugurada, no dia 8 de fevereiro, na Biblioteca Nacional de Portugal (Lisboa), a exposição Amarante. Pascoaes: Do Solar de Gatão ao Universo, antecedida de uma mesa-redonda na qual participaram António Cândido Franco, Miguel Real, Renato Epifânio e Serafina Martins.

Esta foi uma iniciativa da Cátedra Infante Dom Henrique para os Estudos Insulares Atlânticos e a Globalização (CIDH-UAb), do Centro de Literaturas e Culturas Lusófonas e Europeias da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa (CLEPUL) e do Instituto Europeu de Ciências da Cultura Padre Manuel Antunes (IECCPMA), em parceria com a Câmara Municipal de Amarante e a Biblioteca Nacional de Portugal.

  

 
 
 
 
 
 
 
 

Protocolo de Cooperação com a Universidade do Colorado

  A 8 de fevereiro, foi celebrado um Protocolo de Cooperação entre a Cátedra Infante Dom Henrique para os Estudos Insulares Atlânticos e a Globalização (CIDH-UAb), o Centro de Literaturas e Culturas Lusófonas e Europeias da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa (CLEPUL) e a Universidade do Colorado.

Este acordo visa o desenvolvimento de projetos de ensino a distância, a promoção de congressos e a publicação científica. De entre os projetos a desenvolver, destaca-se a plataforma online Portugueses de Papel, dedicada ao estudo de personagens portuguesas do romance brasileiro.

 

Obra Completa Padre António Vieira

No dia 9 de fevereiro, a Academia Paulista de Letras (Brasil) foi o lugar do lançamento da Obra Completa Padre António Vieira (dirigida por José Eduardo Franco e Pedro Calafate), na sua edição no Brasil concretizada pelas Edições Loyola.

 

A Aventura Literária Caboverdiana na Perspetiva de Género

A 21 de fevereiro, no Auditório III da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, a escritora Vera Duarte fez a conferência subordinada ao tema A Aventura Literária Caboverdiana na Perspetiva de Género, numainiciativa do Centro de Literaturas e Culturas Lusófonas e Europeias da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa (CLEPUL) e da Cátedra Infante Dom Henrique para os Estudos Insulares Atlânticos e a Globalização (CIDH-UAb).

 

As Casas de Câmara e Cadeia nos Açores (séculos XV-XVII)

No mês de fevereiro, foi publicada a obra As Casas de Câmara e Cadeia nos Açores (séculos XV-XVII), da autoria de Mateus Eduardo da Rocha Laranjeiro.

Esta obra, que teve origem na tese de mestrado do autor, contou com o apoio do Governo Regional dos Açores/ Secretaria Regional da Educação e Cultura, e foi publicada pelo Instituto Açoriano de Cultura, sob a égide da Cátedra Infante Dom Henrique para os Estudos Insulares Atlânticos e a Globalização (CIDH-UAb).

Atlântida – Revista de Cultura 2016

No mês de março, foi publicado, pelo Instituto Açoriano de Cultura (IAC), o volume LXI da Revista AtlântidaRevista de Cultura, referente ao ano de 2016.

Nesta revista, organizada em cinco secções temáticas – Estudos e Criação Artística; Estudos e Criação Literária; Ciências Humanas; Outros Saberes;o Dossiê Temático Asas Sobre o Atlântico – podem ler-se textos da autoria de Diana Gonçalves dos Santos, Jesse James, António de Névada, Onésimo T. Almeida, Joel Neto, Duarte Gonçalves Rosa, Maria Manuel Velasquez Ribeiro, Carlos da Cruz, Carla Devesa Rodrigues, José Luís Neto, Luís Borges, Magda Peres, Pedro Parreira, João Pedro Barreiros, Álamo Oliveira, Victor Rui Dores, Francisco Henriques, Carlos Guilherme Riley, José Manuel Correia, Guy Warner, Carlos Gonçalves, Francisco Maduro Dias, Carlos Enes, José Guilherme Reis Leite, César Paulo da Silva Rodrigues, Manuel Filipe Canaveira.

 

Sermão da Sexagésima e Sermões da Quaresma

No mês de março, foi publicada, pela Temas e Debates, a obra Sermão da Sexagésima e Sermões da Quaresma, de Padre António Vieira (direção de José Eduardo Franco e Pedro Calafate; coordenação de Aida Lemos e Micaela Ramon).

 

 

Concílio de Trento: Inovar na Tradição: História, Teologia, Projeção

José Eduardo Franco e José Ignacio Ruiz Rodríguez apresentaram, no Museu Pio XII (Braga), a 14 de março, a obra Concílio de Trento: Inovar na Tradição: História, Teologia, Projeção. Esta publicação resulta de uma parceria realizada entre a CIDH, o CLEPUL e a Universidade de Alcalá (Espanha).

 

Conferências AndarIlhas

Nos dias 13 de janeiro, 24 de fevereiro e 17 de março, decorreram três sessões do ciclo de Conferências AndarIlhas. Na primeira, Luís Freitas falou sobre A caça à baleia na Madeira; na segunda, Thierry Proença dos Santos discursou sobre A Toponímia Tradicional Madeirense e Carlos Barradas apresentou os resultados da sua investigação sobre A Malta dos Ceroulas Brancas; na terceira, Nuno Rodrigues falou sobre Navegação Aérea na Madeira e Fernanda de Castro sobre Viagens no Feminino.

A iniciativa de Luísa Paolinelli e Cristina Trindade tem como propósito dar a conhecer, nas comunidades locais de cada concelho da Região Autónoma da Madeira, os conteúdos que integrarão o Grande Dicionário Enciclopédico da Madeira, coordenado cientificamente por José Eduardo Franco.

Esta foi uma atividade desenvolvida com a apoio das Câmaras Municipais de Câmara de Lobos e de Santa Cruz, da Cátedra Infante Dom Henrique para os Estudos Insulares Atlânticos e a Globalização (CIDH-UAb), da APCA (Agência para a Promoção da Cultura Atlântica), entre outras instituições.

Letras com Vida

  O oitavo número da Revista Letras com Vida,  Revista de Literatura, Cultura e Arte, foi apresentado por Maria Fernanda Rollo (Secretária de Estado da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior) no dia 20 de março, na Fundação Calouste Gulbenkian (Lisboa).

Colóquio Internacional Professor Manuel Sérgio: Obra e Pensamento.

Nos dias 20 e 21 de março de 2017, realizou-se, na Assembleia da República e na Fundação Calouste Gulbenkian, o Colóquio de homenagem ao Professor Manuel Sérgio, um evento organizado pelo Instituto Português do Desporto e Juventude (IPDJ), pela Cátedra Infante Dom Henrique para os Estudos Insulares Atlânticos e a Globalização (CIH-UAb) e pelo Instituto Europeu Ciências da Cultura Padre Manuel Antunes (IECCPMA), em parceria com outras instituições.

Conferências do Teatro: Madeira de A a Z

  Durante o ano de 2017, realizar-se-ão as Conferências do Teatro: Madeira de A a Z, momentos de encontro entre investigadores culturais, académicos e a comunidade em geral, nos quais se abordarão as temáticas tratadas no Grande Dicionário Enciclopédico da Madeira (relacionadas com a história, a cultura e a ciência).

A primeira conferência, no dia 11 de janeiro, teve como tema central o nascimento de Molière. Nela participaram o Presidente da Câmara Municipal do Funchal, Paulo Cafôfo, e José Eduardo Franco, coordenador do projeto científico Aprender Madeira. Na segunda sessão, a 15 de fevereiro, subordinada às temáticas do Dia Mundial da Língua Materna, do Mês de Nascimento de Luísa Grande Lomelino e do Dia da Vítima do Crime, participaram Naidea Nunes, que se dedicou ao tema das alcunhas na Madeira, Cláudia Neves, debruçando-se sobre Luzia – a vagabunda do mundo, e Armando Correia, que discorreu sobre a criminalidade. A terceira conferência, no dia 22 de março, foi dedicada ao Dia da Mulher e ao Dia Mundial do Artesão. Neste âmbito, Luísa Paolinelli e Teresa de Carvalho falaram sobre Literatura Feminina e Violência Doméstica, e Alberto Vieira sobre Ofícios e Artesãos.

Esta é uma atividade organizada pela Câmara Municipal do Funchal, em parceria com a Cátedra Infante Dom Henrique para os Estudos Insulares Atlânticos e a Globalização (CIDH-UAb) e o Centro de Literaturas e Culturas Lusófonas e Europeias da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa (CLEPUL).

Seminários à Hora do Almoço

Por iniciativa do Círculo de Cipião – Academia de Jovens Investigadores, do Centro de Literaturas e Culturas Lusófonas e Europeias da FLUL (CLEPUL), da Cátedra Infante Dom Henrique para os Estudos Insulares Atlânticos e a Globalização (CIDH- UAb) e da Tertúlia Letras com Vida, realizaram-se, entre janeiro e março, diversas sessões dos Seminários à Hora do Almoço, na Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, na Universidade Aberta e na FNAC do Centro Comercial Colombo.

  Nos dias 9, 11, 18 e 25 de janeiro, respetivamente, Catarina Belo (Universidade Americana do Cairo) falou sobre Temas da Filosofia Islâmica; Patrícia Monteiro (Universidade de Lisboa), sobre Do profano ao sagrado: neoplatonismo e reformismo nas “artes da cal” no Alentejo; Maria Isabel Rocheta (Universidade de Lisboa), sobre Realismo e superação do realismo num manuscrito autógrafo de A Ilustre Casa de Ramires; e Márcia Abreu (UNICAMP), sobre Trânsitos atlânticos: circulação de romances entre Portugal e o Brasil no século XIX.

Em fevereiro, no dia 1, Rui Sousa (CLEPUL) discursou sobre Uma particular forma de entender a superioridade; na sessão seguinte, Carlo Pelliccia falou sobre Il contributo della Compagnia di Gesù alla conoscenza dell’Asia Orientale (secoli XVI-XVII): documenti manoscritti e libri a stampa; no dia 15, Inês Thomas de Almeida falou sobre Elisa de Paiva Curadoe, no dia seguinte, Ricardo Franco debruçou-se sobre a Dramaturgia da narrativa heteronímia pessoana.

No mês de março, decorreram quatro sessões: Álvaro Almeida falou sobre O amor como doença – uma leitura de The Anatomy of Melancholy, de Robert Burton; Paulo Mendes Pinto apresentou A Bíblia em Portugal, volume I: As línguas da Bíblia. 23 séculos de traduções, da autoria de Frei Herculano Alves; no dia 17, Annabela Rita e José Ignacio Ruiz Rodriguez apresentaram as obras Concílio de Trento. Inovar na TradiçãoeFabricar a Inovação. O Processo Criativo em questão nas Ciências, nas Artes e nas Letras, esta última em homenagem ao Professor João Charters de Almeida; a 29 de março, o Padre José Agostinho de Figueiredo Sousa falou sobre Crónicas globais e as experiências missionárias e culturais entre os índios apaches e as comunidades do interior do Congo.

 

Seminário Permanente de Estudos Globais – Sessões IV, V e VI

  Nos meses de janeiro a março, decorreram as sessões IV, V e VI do Seminário Permanente de Estudos Globais, atividade desenvolvida pela Imprensa-Nacional Casa da Moeda em parceria com a Cátedra Infante Dom Henrique para os Estudos Insulares Atlânticos e a Globalização (CIDH-UAb). A 17 de janeiro, o escritor Gonçalo M. Tavares falou sobre Literatura, imaginação e realidade; no dia 24 de fevereiro, o Secretário de Estado da Educação, João Costa, discursou sobre Desafios da globalização para o modelo atual de escolaridade; e a 22 de março, Vasco Pinto de Magalhães, SJ, falou sobre Espiritualidade e Globalização.

 

Triénio Pascoalino. Ciclo de Congressos Internacionais

  O Instituto de Ciências da Cultura Padre Manuel Antunes (IECCPMA), em parceria com o  Centro de Literaturas e Culturas Lusófonas e Europeias da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa (CLEPUL), a Cátedra Infante Dom Henrique para os Estudos Insulares Atlânticos e a Globalização (CIDH-UAb), a Câmara Municipal de Amarante, a  Biblioteca Nacional, entre outras instituições, organizaram o Triénio Pascoalino, ciclo de Congressos Internacionais.

  Assim, entre os dias 27 e 31 de março de 2017, realizou-se o 3.º Congresso Internacional deste ciclo, em Amarante.

CIDH | Universidade Aberta - Palácio Ceia
Rua da Escola Politécnica, 147  1269-001 Lisboa
T. (00351) 300 002 894 / 912 387 559 / 966 754 980 / 934 323 983 / 961 088 814
Endereço de correio eletrónico: cidh.global@gmail.com
Página Webhttp://cidh-global.org