MANUEL MACHADO

(Biobibliografia)

Manuel Machado nasceu a 7 de Julho de 1932, nas Lajes, Ilha Terceira, onde
iniciou os seus estudos, tendo sido funcionário da Força Aérea Portuguesa, nos
Açores e posteriormente em Lisboa, entre 1947 e 1963, data em que decidiu partir
para o estrangeiro. Viveu largos anos nomeadamente em França, na Inglaterra e na
Noruega, executando aquilo a que chama "múltiplos trabalhos rasteiros e
indiferenciados", mas que lhe permitiram frequentar estudos de psicologia étnica
e social na École de Hautes Études, em Paris, e colocar-se como funcionário da
Biblioteca da Universidade de Oslo, em 1982.
É membro individual da Associação Norueguesa de Escritores e do Centro Norueguês
de Escritores e tem abundante colaboração, em diversas línguas, dispersa por
jornais e revistas designadamente da diáspora portuguesa. Recebeu o Prémio do
"Conto" no concurso organizado, em 1989, pela Secretaria de Estado da Emigração
e das Comunidades Portuguesas. Colabora com alguma frequência na imprensa
literária dos Açores e está representado em diversas antologias de autores tanto
de língua portuguesa como norueguesa, de entre as quais Roser e Snö (Rosas na
Neve) e Et Dusin Trekkfugler (Uma Dúzia de Aves de Arribação), publicadas em
Oslo, em 1988 e 1990, respectivamente.
Em Portugal publicou os seguintes livros: Enquanto os Coveiros Dormem (contos),
Angra do Heroísmo, 1981 e, pelo IAC Virtudes Reis Moscas e Outras Hortaliças
(também contos), Angra do Heroísmo, 1988.
No estrangeiro, para além da sua colaboração em revistas literárias tão
importantes como "Basar", "Profil" e "Vindent", tem editadas, pela Gyldendal, de
Oslo, as obras Vrangstruper (Gargantas Torcidas), contos, e Lösrivelse
(Desenvencilhamento), novelas. A primeira destas obras veio a lume em 1993 e a
segunda em 1996.
Manuel Machado é também autor do ensaio Living in Two Cultures, editado pela
UNESCO em 1982.